Quando devo fazer minha primeira mamografia?

Quando devo fazer minha primeira mamografia?
10 de outubro de 2019 Dra. Nubia
Consulta antes da mamografia

A mamografia é o principal exame de rastreamento  usado para identificar o câncer de mama. Ela é extremamente importante porque permite a geração de imagens detalhadas e de qualidade para a análise médica, identificando nódulos a partir de 2 milímetros de diâmetro.

Para a realização do exame do exame, é utilizado o raio x  por meio do mamógrafo, sendo necessária uma compressão para espalhamento das estruturas. Apesar de ser apontado como desconfortável, o procedimento demora apenas de 5 a 10 minutos para ser realizado.

Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), a mamografia é o único exame cuja aplicação em programas de rastreamento apresenta redução comprovada na mortalidade por câncer de mama. Não tem como negar a importância da mamografia, mas qual a idade certa para realizar a primeira mamografia? Acompanhe!

Quem deve realizar a mamografia?

De maneira geral, a mamografia deve estar inclusa no check up anual de mulheres a partir dos 40 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia. Entretanto, em outros casos pode ser necessário realizar o exame. Confira:

  • Histórico de câncer de mama na família (grupo de risco): caso a pessoa possua histórico na família (principalmente em mãe, avó ou irmã), o exame deve começar a ser realizado a partir dos 35 anos.

 

  • Suspeita de alguma doença: os médicos podem recomendar a mamografia para quem já se submeteu a outro exame, sendo necessário um resultado mais preciso.

 

Fora os casos apontados, pacientes acima de 70 anos devem alinhar com o médico a frequência em que o exame é indicado. Além disso, quem tiver em algum grupo de risco pode precisar realizar a mamografia com mais frequência.

Já para mulheres que não se encaixam na necessidade da mamografia, existem outros exames para diagnóstico de alterações mamárias. Confira melhor no artigo abaixo:

4 exames para detectar o câncer de mama

Sintomas que servem de alerta para a realização da mamografia

 

  • Secreção atípica;
  • Aumento irregular dos seios, fora da puberdade e do período menstrual;
  • Alteração na aparência dos mamilos;
  • Surgimento de nódulos;
  • Coceira frequente ou persistente na mama.

 

Ao sinal de qualquer um desses sintomas, consulte seu ginecologista ou mastologista para solicitar uma avaliação da sua saúde.

Homens também devem fazer mamografia

Apesar de ocorrer com menos incidência, homens também podem ter câncer de mama com um percentual alto de mortalidade. 

Além disso, assim como no caso das mulheres, homens com histórico familiar também devem ser submetidos ao exame antes mesmo dos 40 anos. Ao ser observada qualquer alteração mamária um médico mastologista deve ser procurado. 

Fatores importantes que devem ser observados:

 

  • Inchaço, retração ou distorção da pele do mamilo;
  • Caroço no tórax;
  • Obesidade.

 

Em qualquer um dos casos apontados, é ainda mais necessário buscar por acompanhamento médico. Não se esqueça: o câncer de mama masculino também é uma realidade que, apesar de ter uma incidência menor, é extremamente perigosa.

Mamografia dói?

———————————————————————

Agora que você já sabe a importância de realizar a mamografia, não vai querer deixar a saúde para depois, certo? 

Aqui na Viver você pode agendar seu exame particular ou pelo convênio diretamente pelo site. Aproveite essa comodidade para colocar o seu check-up em dia.

Leia mais: